Quem passa pela escadaria de pedra que dá acesso ao Cruzeiro de Alto Liberdade, em Marilândia, tem uma sensação de insegurança e medo, devido à falta de corrimão em suas laterais, para possibilitar que as pessoas, sobretudo de idade mais avançada ou com dificuldade, possam se locomover.

Localizada a 13 km da sede do município, a Pedra do Cruzeiro, como é popularmente chamada, tem cerca de 2.500 degraus, mais de 700 metros de altura e recebe um grande número de visitantes nos finais de semana.

Uma moradora, que não quis se identificar, disse que se sente completamente insegura para subir e descer. “O que a gente pede é tão somente para que a Prefeitura tenha o olhar voltado para o local. Sem um corrimão, o risco de alguém desequilibrar e sofrer uma queda muito forte é iminente”, declarou.



A escadaria de pedra é o único meio de acesso ao topo da Pedra do Cruzeiro. A reivindicação dos usuários foi levada ao Prefeito de Marilândia, Gutim Astori, que prometeu que, em breve, uma equipe da Secretaria de Obras irá colocar barras de proteção nos pontos mais perigosos da escada, garantindo mais segurança e conforto aos usuários.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem