Gravíssimo acidente causa morte de professora no sul do ES

professora, Flávia Ferreira Pereatro

A professora Flávia Ferreira Pereatro, 43 anos sofreu um gravíssimo acidente motociclístico, no início da noite desta terça-feira, 12, próximo a antiga sede da Academia Elite, na Avenida Guido Brunini (Av. Beira Rio) e morreu após quebrar o pescoço. Flávia residia no Condomínio Village das Ondas, no bairro Balneário Monte Aghá, em Piúma.

Segundo informações de populares, havia pedaços de fios usados como cabos de internet na pista quando a moto em que Flávia conduzia acabou passando por cima os mesmos enrolaram no pneu fazendo com que a professora perdesse o equilíbrio e caísse, ela seguia sentido Itaputanga X Centro e um veículo sem sentido contrário acabou passando na hora e atingindo o rosto de Flávia que, teria supostamente quebrado o pescoço.

Populares acionaram a ambulância do Hospital Nossa Senhora da Conceição que foi ao local e prestou os primeiros socorros, mas a professora não resistiu e já chegou ao hospital sem vida.

A Reportagem foi ao Departamento da Polícia Militar – PM para buscar informações oficiais sobre o trágico acidente que ceifou a vida da professora que residia em Piúma, infelizmente, o policial militar disse que não tinha autorização para passar nenhuma informação, nem mesmo sobre a logística do acidente.

Flávia trabalhava no noturno na Escola Municipal Lacerda de Aguiar em Piúma com a Educação de Jovens e Adultos de 1º ao 5º ano. Pela manhã, ela atuava em uma escola na Barra de Itapemirim. Flávia deixou uma filha de 14 anos. Há cerca de 15 dias ela perdeu o pai que teve sequelas da Covid-19. Há cerca de 10 meses perdeu a mãe, segundo uma professora que atuou com ela na Escola Elvira Meale em Itapemirim.

A diretora da Escola Lacerda de Aguiar, Valéria Marcondes estava abaladíssima com a morte da professora, disse que é um momento de muita tristeza, que, mesmo sendo o primeiro ano que Flávia estava trabalhando com ela, já havia um vínculo de muito respeito e comprometimento com o fazer pedagógico. “Estamos todos muito abalados com esta triste notícia, um susto muito grande, a ficha ainda não caiu. A informação que recebemos é que ela estava a caminho da escola. Flávia perdeu o pai recentemente, ficou muito abalada e pegou um atestado de 15 dias, ela retornou ontem ao trabalho e hoje ela foi embora. Sentimos muito”, frisou a diretora.

A Escola Lacerda de Aguiar vai funcionar nesta quarta-feira, 13, pela manhã com aula normal e a noite suspenderá as aulas, bem como na quinta-feira, 14.

O corpo de Flávia será removido ao Serviço Médico Legal – SML de Cachoeiro de Itapemirim onde será necropsiado e liberado para sepultamento. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.

Fonte: Espírito Santo Notícia

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncio !!

Anuncio !!