O partido nacional confirmou a pré-candidatura do governador

O governador Renato Casagrande (PSB) é pré-candidato a presidente da República para a disputa do ano que vem. A informação foi confirmada à Coluna Plenário pelo PSB nacional, por meio da assessoria de imprensa. Nos bastidores, o nome de Casagrande teria sido alçado numa reunião, há cerca de 10 dias, com o presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira, e a cúpula do partido, incluindo Casagrande. 

Na reunião – que teria ocorrido na sede do partido, em Brasília – teria sido tratado que o PSB, assim como o PT e o PDT, também teria que ter um nome, no campo da centro-esquerda, para disputar a Presidência – o que teria ganhado força principalmente após os desencontros entre os ex-presidenciáveis Fernando Haddad (PT) e Ciro Gomes (PDT).

Nesse momento, então, que o nome de Casagrande teria sido sugerido e encontrado consenso na reunião. Até o momento, o PSB tem somente Casagrande como pré-candidato, mas só vai bater o martelo mesmo no ano que vem. 

Na manhã desta quarta-feira (03), uma rádio nacional chegou a repercutir o assunto, dizendo que o próprio governador teria dito que seria candidato. Questionado pela coluna, Casagrande confirmou que foi convidado pelo partido para ser candidato. Mas disse que ainda não está tratando do assunto. 

“Vamos avaliar as conjunturas eleitorais no ano que vem. Não estamos pensando nisso agora. Estamos em um momento de pandemia que exige 100% da nossa atenção”, disse o governador. 

Ao ser informado, pela coluna, que seu partido havia confirmado a pré-candidatura, Casagrande respondeu: “O partido quer. Mas eu não tenho condições de fazer esse debate, neste momento. Temos outras prioridades para discutir aqui”. 

Casagrande tem ganhado destaque, nacionalmente, pela gestão da pandemia e também por ser, entre os governadores, uma voz incisiva e de contraponto ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem