Profissionais vão trabalhar no Censo Demográfico 2021. Salário chega a R$ 2.100

Profissionais vão trabalhar no Censo Demográfico 2021. Salário chega a R$ 2.100


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou nesta quinta-feira (18) dois editais para contratar 4.061 pessoas no Espírito Santo para trabalhar no Censo Demográfico 2021. O salário chega a R$ 2.100.

Essas são vagas são temporárias e, no Brasil, o total de oportunidades é de 204.307 para atuar na coleta e organização dos dados desse levantamento que o instituto vai produzir.

Um dos editais é para a função de recenseadores, onde estão disponíveis no Estado 3.635 vagas. No outro edital, para agente censitário supervisor (ACS) foram abertas 323 oportunidades e para agente censitário municipal (ACM) são103 vagas.

De acordo com o IBGE, as inscrições para ACS e ACM abrem nesta sexta-feira (19) e vão até o dia 15 de março. Já para recenseador, os interessados podem se candidatar a uma vaga a partir de terça-feira (23) até 19 de março. As inscrições devem ser feitas no site do Cebraspe.

Para concorrer ao cargo de recenseador, o candidato deve ter nível fundamental completo, e para ACM e ACS, ensino médio concluído.

A taxa de inscrição é de R$ 39,49 para as funções de ACM e ACS e de R$ 25,77 para a de recenseador. As taxas poderão ser pagas pela internet ou em qualquer banco.

O resultado final dos aprovados será divulgado em 27 de maio.


O que são recenseadores?

Os recenseadores são os profissionais que entrevistarão moradores de todos os domicílios do País. Eles serão remunerados por produtividade, de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas recenseadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem