O Espírito Santo exigirá que profissionais da saúde tomem vacina contra Covid-19

O Espírito Santo deve passar a exigir, em breve, que profissionais de saúde apresentem comprovante de imunização contra a covid-19.

A informação foi divulgada na terça-feira (26), pelo secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes.

As regras, para que esta medida passe a vigorar, devem ser divulgadas nos próximos dias.

Nésio Fernandes explicou que é a proposta é imunizar todos os que atuam na saúde.

Desde a chegada da vacina Coronavac ao Estado, no dia 15 de janeiro, que os profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate a covid-19 estão sendo vacinados.

Na última segunda (25), com a chegada da vacina produzida pela Oxford - AstraZeneca, os profissionais de saúde, que atuam na atenção básica e em laboratórios que fazem o exame RT-PCR, começaram a ser vacinados.

No Espírito Santo, a Secretaria de Saúde relatou que houve registros de recusa em receber a vacina "em uma cidade específica e de uma vacina específica". A Sesa, no entanto, não explicou se a vacina foi recusada por um profissional de saúde, por um índio que resida em aldeia ou por um idoso ou deficiente físico que resida em instituição de longa permanência. Todos estes fazem parte do grupo prioritário, que está sendo imunizado contra a covid-19.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem